Segunda-feira, 3 de Abril de 2006
[17] Saudades

Ontem, perante o espelho, quando olhei para estes olhos encovados, para as rugas incrustadas na testa, para a amarelidão dos dentes; quando apalpei o duplo queixo, medi a barriga e confirmei a curvatura das costas; quando me levantei e doeram-me as pernas, as articulações crocitaram e a urina correu em soluços prostáticos; ontem, dizia eu, constatei que o meu tempo já havia passado.

 

Telefonei à minha filha e a voz dela assegurou que o meu tempo já era outro. No autocarro tive inveja daquele par de namorados, ela branca e corada, ele moreno e corado. No emprego, olhei para os colegas e vi os namorados: os sussurros e enleios, os olhares e carícias... o que ciciariam? o que tocariam? Dei por mim, sentado defronte de um computador, a imaginar coisas…

 

Mas o que mais me aflige é este silêncio. O que mais me preocupa é esta paragem. O que me desgasta, aborrece, irrita, cansa e deixa ansioso é este nada. Esta rotina de saladas, sopas e frutas; estes recorrentes passeios de fim-de-semana, estes jantaricos de gritinhos, beijinhos e pancadinhas; estas manhãs de desporto sem competição ou de competição sem adversários. Estou só, raios!

 

E dizem: “Tem calma, pá! Vais ver que o tempo conserta tudo!”

 

Ou então: “Vai dar uma volta, vai ao cinema, vai até ao jardim…”

 

Mas o pior de tudo é quando me dizem que o silêncio deve ser escutado. Sinto logo um calafrio. Mas estas pessoas não dispõem de silêncio na vida deles? Moram ao lado de uma auto-estrada ou por cima de uma discoteca? Os vizinhos, os familiares, os colegas de trabalho não lhes dão um minuto de descanso que logo recomendam escutar o silêncio?

 

Nestes momentos quero estar só com a minha velhice e fazer as pazes com o tipo que entrevejo por entre estas lágrimas de saudade.



publicado por polosul às 23:42
link do post | nortadas

6 comentários:
De nninoca a 4 de Abril de 2006 às 21:15
O silêncio? Pensei que era o estra só. Ou a casa sempre arrumada. ..
Mas, o silêncio?


De polosul a 5 de Abril de 2006 às 00:41
Olá nninoca, eu não percebi o teu comentário, no entanto saúdo-te e agradeço a visita.


De nninoca a 27 de Maio de 2006 às 17:36
Sabes, Pólo Sul, estranhei que fosse o silêncio... pensei que era antes o estar só, ou o facto de a casa estar sempre arrumada, sem uso, sem ninguém.

Mas, o silêncio?


De Ferncarvalho a 5 de Abril de 2006 às 14:19
O silêncio é uma faca de 2 gumes.
Tanto pode ser bom e apreciado como ser traiçoeiro e nos torturar.
Há que aprender a amá-lo, seja qual for situação e torná-lo como (e com) o tempo, num velho amigo.

Gostei, mais uma vez, do que li aqui.
Parabéns
Fernanda Carvalho


De polosul a 9 de Abril de 2006 às 00:50
A Fernanda é muito generosa, bem mais do que alguma vez poderá imaginar. Muito grato pela atenção.


De Aninhas a 23 de Abril de 2006 às 21:36
Tenho apenas saudades daquilo que não fui, que não fiz. Daquilo que gostava de ser e não sou porque não tenho coragem para seguir em frente. Quando tivemos uma vida plena de afectos as saudades apenas nos trazem um sorriso nunca uma dor.


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Maio 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
23

24
25
26
27
28
29
30

31


posts recentes

(113) ser incompleto

[112] a raça humana

[111] viva México

[110] por vingança?

[109] o que é que eu fiz

[108] o pai

[107] memórias & enganos

[106] lembrei-me do Tejo

[105] Irvin D. Yalom

[104] T. S. Eliot

[103] o garanhão de Santa...

[102] o que farão as mosc...

[101] quem tem pressa não...

[100] a questão Finkler, ...

[99] 1Q84, Murakami

[98] Machu Picchu, Peru, ...

[97] Salkantay Trek, Peru...

[96] Uma vida pela metade...

[95] Laos, dezembro de 20...

[94] Cambodja, novembro d...

arquivos

Maio 2015

Março 2014

Fevereiro 2014

Outubro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Agosto 2012

Julho 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Setembro 2009

Agosto 2009

Maio 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

tags

todas as tags

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds