Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

pólo sul

pólo sul

Sab | 24.07.21

[126] Eça, sempre Eça

polosul

Na nota prévia à obra póstuma de Eça de Queiroz, "Alves & C.ª e Outras Ficções" (Livros do Brasil, s/ data), João Palma-Ferreira resume, singela e rigorosamente, do que trata a novela: "história «sem caprichos» de um negociante de comissões com o Ultramar" (p. 13) ou uma "caricatura (talvez superficial) de uma sólida família de uma burguesia lisboeta" (p. 15), que melhor seria se fosse intitulada Godofredo, Machado & Ludovina.

Godofredo é casado com Ludovina (Lulu) e sócio de Machado. Um dia descobre que o sócio o trai com a sua esposa; expulsa a adúltera de casa e desafia o sócio para um duelo ou... um suicídio! Mas logo "Godofredo ficou só, com as ruínas da sua grande ideia, humilhado, confuso, encavacado, com as fontes a latejar, e sem saber o que havia de fazer." (p. 100) 

alves&cia.jpg

Mas eis que os amigos de ambas as partes intervêm e tudo termina sem derramamento de sangue ou violências. A uma paz podre sucede-se uma reconciliação e a retoma da estima e amizade mútuas. Afinal, toda a gente queria de volta a mansidão dos dias, a felicidade contemplativa e a prosperidade.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.