Quinta-feira, 7 de Setembro de 2006
[34] Epílogo

Caí em mim. Para ela apenas contava a escrita e as emoções que suscitava. Estava-se nas tintas para o resto.

 

Mandei-lhe uma breve nota, a terminar com tudo:

 

«Se nos apaixonamos com tanta rapidez, talvez seja porque a vontade de amar precede o objecto do amor - a necessidade inventa a sua solução.»

 

“Ensaios sobre o amor”, Alain de Botton, p. 24 

 



publicado por polosul às 00:42
link do post | nortadas
|

8 comentários:
De Sarasvati a 7 de Setembro de 2006 às 05:15
E porque não?!
Porque razão há-de ele terminar sem deixar começar?! Por vezes as coisas mudam, por vezes surpreendemo-nos com nós próprios, por vezes surge mesmo o amor, por vezes crescemos... é uma pena: podia ser o inicio de uma história bem bonita... mas parece que assim nunca o iremos saber, certo?! (:

Não consigo encontrar esse livro em lado nenhum... o que me desperta mais a curiosidade (:


De polosul a 7 de Setembro de 2006 às 11:56
O livro existe em várias bibliotecas da CML, onde pode ser livremente requisitado:

http://catalogolx.cm-lisboa.pt/#focus


De Sarasvati a 12 de Setembro de 2006 às 02:08
Obrigada!


De solcar a 8 de Setembro de 2006 às 10:00
Não foste por mim.
Devias ter limitado ao cão as tuas ambições.
Mais fiel e fiável. Vive as emoções e fica-se nas tintas para toda esta trama complicada dos humanos.
Normalmente não escreve, não lê, mas há entrega, porventura não sem interesse, na mira do biscoito.. Aí já se assemelha ao humano.
Não chores. Procura outro ombro...


De rosario a 14 de Setembro de 2006 às 22:41
Engraçado.... mais do que o texto, desta vez, ando com esse elo partido no pensamento, há não sei quanto tempo.

Por isso a tua dificuldade em encontrar a imagem certa....


De polosul a 15 de Setembro de 2006 às 01:40
Solcar, vai por ela, a Rosario. O elo partiu-se. O que o ligava à dona do cão partiu-se. Ele desenganou-se, e sabemos como a euforia das paixões dá lugar rapidamente à depressão quando o/a outro(a) não correesponde às nossas expectativas.

Obrigado Rosário.


De Nuite a 5 de Outubro de 2006 às 20:22
Sim ...
Eu sofro desse mesmo problema ...
estou em tratamento


De polosul a 6 de Outubro de 2006 às 23:24
Nuite, qual foi o tratamento que escolheste? :-)

Está a resultar? Conta à gente :)



Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Maio 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
23

24
25
26
27
28
29
30

31


posts recentes

(113) ser incompleto

[112] a raça humana

[111] viva México

[110] por vingança?

[109] o que é que eu fiz

[108] o pai

[107] memórias & enganos

[106] lembrei-me do Tejo

[105] Irvin D. Yalom

[104] T. S. Eliot

[103] o garanhão de Santa...

[102] o que farão as mosc...

[101] quem tem pressa não...

[100] a questão Finkler, ...

[99] 1Q84, Murakami

[98] Machu Picchu, Peru, ...

[97] Salkantay Trek, Peru...

[96] Uma vida pela metade...

[95] Laos, dezembro de 20...

[94] Cambodja, novembro d...

arquivos

Maio 2015

Março 2014

Fevereiro 2014

Outubro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Agosto 2012

Julho 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Setembro 2009

Agosto 2009

Maio 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

tags

todas as tags

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds